• André Antunes Garcia

PLANO DE SAÚDE DEVE PAGAR DANOS MORAIS POR NEGATIVA DE COBERTURA


A ministra Nancy Andrighi, do STJ, restabeleceu sentença que condenou uma operadora de plano de saúde ao pagamento de danos morais a um segurado após negar cobertura de um procedimento cirúrgico.

De acordo com a decisão, a recusa indevida/injustificada, pela operadora de plano de saúde, em autorizar a cobertura financeira de tratamento médico a que esteja legal ou contratualmente obrigada, enseja reparação a título de dano moral, por agravar a situação de aflição psicológica e de angústia no espírito do beneficiário.

No caso, a sentença julgou procedente o pedido, para condenar a operadora a autorizar e custear o procedimento cirúrgico, concedendo ainda a tutela de urgência para que o procedimento fosse realizado em 15 dias, bem como para condená-la ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 8.000,00.

  • Processo: REsp 1.449.008

#negativaporescrito #Coberturadecirurgia #negativa #planodesaúde #advocaciaabc #advogadoabc #indenizaçãopordanosmorais #direitodoconsumidor #indenizaçãopordanomoral

27 visualizações0 comentário